17.8.05

13. O que entendemos por 'linguagem'?

Uma apreciação adequada da relevância da FLC parece ainda não estar disponível, apesar de alguns esforços nessa direção. Entre os muitos obstáculos, estão as imagens que temos sobre o que é uma língua materna. John McDowell, em seu livro Mind and World, lembra que as duas imagens predominantes sobre a linguagem nos falam dela ou como um 'instrumento de comunicação' ou como 'veículo do pensamento':
"A característica da linguagem que realmente importa, ao contrário, é esta: que
uma língua natural, o tipo de língua na qual os seres humanos são em primeiro lugar iniciados, serve como um repositório da tradição, um estoque (store, depósito) da sabedoria historicamente acumulada sobre o que é razão para o quê. A tradição está sujeita à modificações reflexivas por cada geração que a recebe. Verdadeiramente,
uma obrigação permanente (standing obligation) para o engajamento na reflexão crítica é ela mesma uma parte dessa herança. Mas se um ser humano individual deve realizar seu potencial de ocupar seu lugar nessa sucessão, o que é o mesmo que adquirir uma mente, a capacidade de pensar e agir intencionalmente, afinal das contas, a primeira coisa que precisa acontecer é que ela seja iniciada em uma tradição como ela é."

Esse tópico, que diz respeito às nossas imagens e preconceitos sobre o que é a nossa língua materna, é um dos temas centrais dessa DCG. É por isso que o primeiro texto que comentamos em aula é o texto de Hans-Georg Gadamer, "Homem e Linguagem".

0 Comments:

Post a Comment

<< Home

ISP
ISP